A transformação digital no universo jurídico

Tempo de leitura: 6 minutos

Até pouco tempo atrás era comum falarmos sobre novas tecnologias, novas mídias e uma transformação digital que estava prestes a acontecer. Entretanto, isso não faz mais sentido. O que se convencionou chamar de novas mídias, como a internet, já não é mais novo e a transformação digital não é mais algo que está para chegar, mas que já está presente no nosso cotidiano, impactando todos os aspectos das nossas vidas.

Ainda assim, entender exatamente do que se trata esse conceito pode ser um pouco difícil, bem como compreender de que forma essa questão modifica alguns espaços já consolidados e muitas vezes tradicionais, como o universo jurídico. Por isso, nesse artigo vamos explicar o que é a transformação digital e como ela está impactando essa esfera. Ficou curioso para saber mais? Então, continue acompanhando!

O que é a transformação digital?

Embora em um primeiro momento possa parecer complicado entender do que se trata a tão alardeada transformação digital, quando você reflete sobre a questão, ela é mais simples do que pensava: trata-se de um processo no qual as empresas utilizam a tecnologia para impactar positivamente os seus resultados.

É preciso compreender, então, que estamos falando de uma mudança cultural e não apenas tecnológica. Não basta as máquinas estarem disponíveis, os smartphones serem modernos, a televisão digital e os sistemas integrados se o nosso mindset não estiver preparado para tudo isso.

E, como se trata de um processo e de uma mudança cultural, é fundamental compreender que essa transformação deve perpassar todos os setores da empresa, com a tecnologia ocupando um ponto central. Por isso, o grande desafio está em unir as máquinas e as pessoas, em um grande esforço de gestão que seja capaz de integrar perfeitamente essas duas variáveis, gerando grandes resultados.

É importante entender também, neste momento, que essa mudança não é algo esperado para o futuro. Ela já chegou e está acontecendo. As empresas e escritóriosque não se adaptarem estão fadadas ao fracasso, mais cedo ou mais tarde.

Como ocorre a transformação digital no universo jurídico?

Sabemos que muitas vezes o mundo do direito e da justiça é conservador e avesso à mudanças, o que acaba retardando o aparecimento de algumas tendências nessa área. Mas, a transformação digital no universo jurídico chegou como uma onda tão avassaladora que não foi mais possível fugir dela.

Então, nos últimos anos, softwares e programas têm revolucionado esse segmento. Agora, vamos entender, através de alguns exemplos, como isso ocorre.

Acompanhamento processual

A tecnologia revolucionou a forma como o acompanhamento processual é feito. Se até pouco tempo atrás era necessário fazer tudo de forma manual, visitando os sites dos tribunais e atualizando planilhas de Excel, hoje existem softwares que fazem todo esse trabalho para os advogados.

Com isso, existe um ganho muito grande de produtividade, visto que realizar o acompanhamento dos processos é um trabalho muito operacional e pouco estratégico. Os profissionais perdiam muitas horas dos seus dias nessas buscas, enquanto podiam estar desempenhando tarefas mais importantes.

Gestão integrada

Outra grande forma de trazer a transformação digital para o universo jurídico é trabalhar com a ideia de gestão integrada. Com o mercado competitivo dos dias atuais, já passou do momento de entender que um escritório de advocacia para ser bem sucedido precisa de profissionais bons em todos os ramos. É preciso ter bons gestores, para administrar o local, bons profissionais para o setor de marketing e assim por diante.

Então, contrate pessoas capazes de executar essas funções ou busque uma especialização nesses segmentos. Depois disso, certifique-se de possuir softwares que auxiliem no trabalho dessas pessoas. Afinal, de nada adianta ter recursos humanos incríveis e não oferecer material para que eles possam trabalhar, não é?

Ainda, é preciso entender que toda gestão deve ser integrada. Os setores devem conversar entre si e perseguirem um mesmo objetivo, cada um sendo responsável por cuidar das suas atribuições. Só assim será possível bater as metas e aumentar o sucesso do seu escritório!

Big Data

Se você achou incrível tudo que apresentamos até aqui, é por que ainda não ouviu falar ou não sabe exatamente o que é big data. De forma simples, big data refere-se à utilização de dados para fazer análises mais precisas e fidedignas de um determinado cenário.

Quando falamos do universo jurídico, podemos utilizar big data para fazer análises preditivas, o que nos leva a uma nova disciplina do direito, a jurimetria, que se dedica a juntar o direito e a estatística. De que forma? Utilizando softwares, dados e algoritmos para prever decisões dos magistrados e rumos de processos.

Isso é o mais incrível que a transformação digital no universo jurídico nos trouxe. Escritórios que utilizam esse método possuem uma vantagem competitiva muito grande, pois conseguem ser mais assertivos em suas argumentações e escolher qual linha tomar em cada processo.

Mudando o seu mindset e entendendo a importância desse tipo de estratégia, você consegue entregar mais valor para os seus clientes, ganhar mais processos, conquistar clientela e ainda aumentar muito a produtividade do seu time de advogados, já que as máquinas estarão fazendo todo trabalho operacional por eles. Aos profissionais resta a análise estratégia dos dados e a decisão sobre o que fazer com tantos dados.

Como implementar essa mudança nos escritórios de advocacia?

Como já falamos, o primeiro passo é apostar em uma mudança de cultura. Para isso, você precisará contar com pessoas que acreditem nesse desafio e que estejam capacitadas para enfrentá-lo. Então, é fundamental que você ofereça cursos e treinamentos para que as pessoas aprendam a operar os softwares e máquinas, mas também que inclua isso no mindset da sua equipe.

Você pode começar aos poucos, utilizando ferramentas digitais mais básicas, mas que demonstram a importância de apostar na tecnologia e os benefícios que ela pode trazer. Aplicativos como Google Agenda e até mesmo o Google Drive são boas opções para iniciar a implantação da transformação digital no seu escritório.

Em um segundo momento, para aumentar ainda mais a produtividade da sua equipe e facilitar a rotina dos advogados, vale a pena apostar em softwares de acompanhamento processual e, mais do que isso, naqueles que entregam outros diferenciais, como a capacidade de coletar dados para fazer análise preditiva aplicada ao direito.

Depois disso, você pode considerar que finalmente está pronto para encarar a transformação digital. Caso contrário, você e seu negócio serão engolidos por ela. Afinal, empresas que não estão preparadas para esse cenário não conseguirão sobreviver, seja por não chegarem ao ápice da sua produtividade, por não conseguirem se comunicar com o seu público ou por qualquer outra demanda urgente que o cenário traz.

Gostou de saber mais sobre a transformação digital no universo jurídico? Então assine a nossa newsletter e receba em primeira mão, direto no seu e-mail, conteúdos sobre a relação entre tecnologia e direito e todas as potencialidades a serem exploradas nesse novo cenário.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *