As 4 principais tendências da advocacia para 2020

Tempo de leitura: 3 minutos

O próximo ano para o mercado jurídico será de muitas oportunidades. Dentre as principais tendências da advocacia para 2020, há algumas que estão sendo aprimoradas há tempos e outras que prometem modificar a relação entre advogados e clientes.

As tendências para o ano que vem serão, principalmente, nas áreas de tecnologia, relacionamento e conhecimento. Siga nos acompanhando para saber quais as 4 principais tendências para 2020 que os advogados devem ficar atentos.

1 – Possível atualização do Código de Ética e Conduta da OAB

Manter-se atualizado quanto ao que muda na área jurídica é o mínimo que um advogado antenado nas tendências do ramo precisa ter. A expectativa é que 2020 seja um marco para a advocacia nesse sentido, com mudanças consideráveis em materiais fundamentais para os escritórios.

A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), por meio de seu presidente Felipe Santa Cruz, já demonstrou interesse em modificar o Código de Ética da instituição, a fim de se realinhar aos novos tempos de publicidade institucional.

Portanto, podemos ter expectativas boas para que, em 2020, os advogados tenham mais segurança para investir no marketing jurídico dos escritórios.

2 – Desenvolvimento de novas competências

O mundo do Direito exige advogados menos operacionais e mais estratégicos. Não é obrigação do profissional somente conhecer leis, advogar em nome do seu cliente e da sua comunidade. 

O bom advogado deve desenvolver capacidades na questão comportamental, como ter perfil empreendedor, ser mais colaborativo e estar mais conectado a especialistas de tecnologia e a gerentes de projetos, por exemplo.

Nossa sugestão é que você se alie às outras áreas de seu escritório e participe da criação de soluções que alcancem os anseios da sua cartela de clientes.

3 – Humanização do Direito

Mesmo com a revolução digital que a internet ainda vem causando, há um aspecto humano no exercício da advocacia que não pode ser ignorado. As relações humanas são a grande força dos advogados. São elas que asseguram a continuidade da profissão pelos próximos anos. 

Por essa razão, o olhar humanizado do Direito é capaz de encontrar soluções para os clientes das novas gerações. Eles estão mais próximos dos profissionais que contratam, querem interagir com os advogados por meio de aplicativos nos celulares, acompanhar os processos e ações.

É esse tipo de novidade que chamamos de Legal Design, tendência voltada a buscar soluções para os clientes que estão na ponta da cartela e gostam de trabalhar conjuntamente com os advogados.

4 – Inserção digital em massa dos Departamentos Jurídicos e Escritórios de Advocacia 

A internet mudou a forma como acessamos a informação, como nos comunicamos e como trabalhamos. O Direito não ficou para trás nessa tendência. 

Para uma profissão consolidada como a de advogado, é um desafio encaixar-se no mundo tecnológico. Administrar corretamente as ferramentas disponíveis para aumentar a produtividade dos escritórios e departamentos jurídicos, automatizar a consulta aos processos ou tomar decisões acertadas baseadas na análise de dados são apenas alguns exemplos de novas habilidades que os advogados do futuro – e do presente! – precisam desenvolver.

A automação e estruturação dos dados já é uma realidade na advocacia brasileira, portanto se você quer se estabelecer nesse mercado, não pode ficar para trás. Para 2020, a inteligência artificial estará ainda mais presente na tramitação de processos e na análise preditiva dos dados, proporcionando uma gestão inteligente para os escritórios. 

Entre em contato conosco para conhecer as tecnologias jurídicas que vão auxiliar você no próximo ano e embarque nas tendências da advocacia para 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *