A transformação de custos fixos em variáveis

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Ser especialista em seu negócio, conhecer cada detalhe e manter-se constantemente atualizado é um pré requisito para qualquer empresa de sucesso. As finanças de sua empresa entram neste contexto como um dos pontos de maior cuidado. Pretendo neste artigo abordar uma parte importante deste setor: os custos fixos e variáveis, seu impacto e como podem, se bem geridos, impulsionar sua empresa.

Custos fixos e variáveis

Saber o que são custos fixos e variáveis é essencial para o bom planejamento financeiro de sua empresa. Com eles você pode calcular de maneira mais assertiva o preço de seu produto ou serviço e planejar possíveis expansões ou retrações de investimentos de forma mais ágil, evitando assim impactos negativos em sua lucratividade.

Os custos fixo são os custos que, independentemente da produção ou venda, terão de ser pagos em determinado período. Aluguel, limpeza, segurança e serviços administrativos são alguns dos custos fixos mais comuns de qualquer empresa. Já os custos variáveis são aqueles que dependem de sua produção. Matéria-prima, comissões de vendedores, participações nos lucros também são alguns dos custos que derivam de sua produção ou venda, por isso o nome “variáveis.

Em uma fábrica de cadeiras, por exemplo, os custos fixos são o aluguel do espaço, água, energia elétrica, manutenção do local (limpeza, segurança etc.), telefone, internet, salário da equipe que produz as cadeiras e o salário da equipe administrativa, que pode contar com funcionários das mais diversas especialidades, como contadores, administradores, advogados, recursos humanos, comercial, comunicação entre tantas outras especialidades que compõe uma grande organização. Já os custos variáveis são a matéria prima para a construção da cadeira, energia elétrica vinculada a produção e transporte da mercadoria. Todos estes custos devem ser pagos com o lucro obtido pela venda de sua mercadoria (cadeiras). Sem conhecer todo esse universo não é possível calcular o preço ideal, podendo gerar prejuízos (vender por menos que o necessário) ou correr o risco da estagnação do produto (preço não competitivo).

Transformando custos fixos em variáveis

Mesmo sendo impossível acabar com todos os custos fixos, alguns podem sim ser substituídos por variáveis de maneira eficiente. E qual a vantagem disto? Dada a natureza “fixa” desta modalidade de custos, como o próprio nome já diz, mesmo sem que ocorra uma oscilação no preço de venda, na oferda e demanda do produto, este custo continua lá, retirando uma porcentagem do seu caixa. Isto pode levar a graves problemas, prejudiciais para o bom funcionamento de seu negócio, em especial em mercados extremamente voláteis como o que encontramos hoje no Brasil. O Business Process Outsourcing (BPO) é uma maneira de transformar alguns destes custos fixos em variáveis.

Realizando o BPO em algum setor administrativo, por exemplo, pode-se transformá-lo em variável, aumentando ou diminuindo a quantidade de funcionários para determinado setor conforme a demanda. Se, retomando o exemplo da fábrica de cadeiras, em um mês é previsto que a demanda por cadeiras seja baixa, é natural que os responsáveis pelo setor de compras adquiram menos madeira (matéria prima) neste período, diminuindo assim os custos, já que menos dinheiro será arrecadado neste ínterim. A demanda por administradores da mesma forma pode diminuir, afinal uma menor quantidade de produtos está sendo comercializada. Entretanto por sua natureza “fixa”, este custo se manterá neste período. Se realizado o outsourcing da área é possível acordar com o seu fornecedor que, em determinado mês, não precisará por exemplo de três funcionários desta área, sendo apenas um o suficiente para a demanda de trabalho. Com isto o seu custo diminui, acompanhando a baixa na produtividade e os mesmo funcionários podem ser realocados pela empresa prestadora de serviço em outra companhia cliente.

Devemos buscar a dinamização de nossos negócios, tornando-os flexíveis a fim de alcançar o sucesso. Como dito na célebre frase do ator e lutador de artes marciais Bruce Lee, “seja como a água que abre caminho através das pedras: não se oponha ao obstáculo; contorne-o!”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *