Inteligência Artificial é uma realidade

Tempo de leitura: 3 minutos

inteligência Artificial A Inteligência Artificial não é ficção científica, sua existência e seu impacto já estão entre nós.

As máquinas, baseadas em algoritmos de data mining e cada vez mais avançadas em processos de deep learning e computação cognitiva, estão cada dia mais presentes nos negócios de companhias e organizações dos mais diversos segmentos.

Com foco no aumento da produtividade, na oferta de serviços mais eficientes e, até mesmo, no auxílio a tomada de decisões de profissionais – e aqui podemos pensar desde gestores, até pesquisadores, médicos, advogados e especialistas em TI – a Inteligência Artifical contribui para um ambiente em que inteligência humana e inteligência de máquinas se unem para a construção de um ambiente de disrupção.

Quando falamos de Inteligência Artificial, é interessante observar, em larga medida, não estamos falando somente de grandes aparatos advindos da quarta revolução industrial e acessíveis, a rigor, somente a grandes companhias. Sistemas inteligentes estão presentes diariamente na minha vida e na sua, porém, passam despercebidos em meio ao caos da vida cotidiana.
O reconhecimento facial, de digitais e de voz são filhos da Inteligência Artificial, por exemplo.
O Google bebe da mesma fonte, assim como o Facebook, que analisa o comportamento e os interesses do internauta para identificar qual será sua próxima compra ou serviço que irá consumir.

Outro exemplo são os bancos, fintechs e instituições que lidam com transações financeiras. Em sua grande maioria, tais startups e companhias utilizam ferramentas de IA para a segurança nas transações e para prevenir desvios como lavagem de dinheiro ou clonagens em seus sistemas de pagamento.

A precisão da IA é tão grande, que, na área de saúde e pesquisa médica, seu uso já se faz presente. Hoje, há sistemas de computação cognitiva que auxiliam profissionais em pesquisas voltadas para a descoberta da cura e identificação do padrão de uma série de doenças, bem como, para localizar e parametrizar informações sobre pacientes, clínicas e organizações de saúde.

Enquanto líder de uma startup jurídica, acompanho de perto as inovações do meio legal capazes de proporcionar benefícios para departamento jurídicos de companhias, empresas, e contribuir para a gestão e tomada de decisões mais assertiva.
Em nossa própria empresa, somos pioneiros no país no uso de inteligência preditiva para o âmbito jurídico, na modelagem, saneamento e mineração de dados, auxiliando profissionais – de advogados a cientistas de dados e estatísticos – a ter sucesso na condução de seus projetos.

Para concluir, conforme a maior parte dos especialistas frisa, não é possível conter os movimentos de inovação.
Todavia, é possível e recomendado unir a capacidade humana a capacidade de IA na construção de um grande ambiente em que rotas de sucesso serão traçadas com maior precisão, ofertas de serviços mais eficientes serão regra e os benefícios sociais poderão ser sentidas em áreas tão singulares quanto a medicina, o direito ou meio empresarial.
É chegada a hora, pois, de aproveitarmos o potencial das máquinas, em prol do desenvolvimento de sociedades nas quais as demandas de todos serão melhor atendidas. Sigamos na construção do futuro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *